Barcelona vence Porto, e conquista a Supercopa da UEFA. O pôster do campeão

A mais fantástica equipe de futebol dos últimos anos conquistou nesta sexta-feira mais um título para a sua grande galeria de troféus do time espanhol. E adivinha: Lionel Messi novamente foi decisivo. Parece notícia velha, mas para os que insistem em não gostar do argentino, o craque da camisa dez do Barcelona deu show novamente e deu, praticamente, o título da Supercopa da Europa para o FC Barcelona, já que o jogador foi decisivo para a conquista da equipe.

Veja também

A final da Supercopa da Europa, disputada esse ano em Mônaco, reuniu o campeão da UEFA Champions League, o Barcelona, contra o campeão da UEFA Europa League, o Porto. Com gols de Messi e Fàbregas, o clube catalão conquistou seu segundo título na temporada 2011 – 2012, o primeiro foi a Supercopa da Espanha, em que o time de Messi bateu o rival Real Madrid.

Messi, comemoração, Barcelona

Falar o quê? Messi novamente é decisivo! (Créditos da Imagem: AP)

Barcelona 2 x 0 Porto
Irei falar a verdade: não foi um jogo lá tão empolgante, ou que parecesse final de alguma coisa. Tudo bem que tivemos bons lances e um jogo bastante disputado, mas que não teve, principalmente, cara de jogo do Barcelona. Apesar de tudo isso, o Porto, que começou muito bem a temporada, também começou bem a partida, e não saiu à frente do placar por muito pouco. A equipe que joga o brasileiro Hulk ameaçou bastante o time espanhol, sendo que teve os principais grandes lances do começo da partida. Numa falta, Hulk bateu forte, mas passando acima do gol do goleiro Valdés. Aos 12′, o Porto fez uma boa jogada pela esquerda, chutou para o gol, mas o goleiro da equipe catalã deu um leve desvio fazendo boa defesa.

Mas a pressão inicial dos Dragões parou por aí. O jogo ficou meio morno, antes do gol do Barça, Pedro desperdiçou uma grande chance de abrir o placar. Após receber passe na cara do gol adversário, o jogador espanhol tentou encobrir o gol do Porto, mas a bola passou acima do gol da equipe portuguesa. Mas aos 38′ da primeira etapa, o Barcelona marcou seu gol. Guarín cometeu um grande erro, e deu um passe, ou uma assistência, fantástica a Lionel Messi. Como todos sabemos, não se pode vacilar com o argentino, que na cara de Helton deu um belíssimo drible, e chutou de perna esquerda para o fundo do gol, abrindo o placar para o Barcelona. Um gol de gênio, um gol de Messi!

  • O MUNDO DO FUTEBOL esta no TWITTER. Siga, e tenha as principais notícias do futebol brasileiro e mundial→ @mundo_dofutebol

Na segunda etapa, a equipe do FC Porto tentou, mas sem sucesso, empatar a partida. Uma das grandes chances foi aos 8′ da segunda etapa, com Guarín, que chutou forte de fora da área, mas Valdés evitou o gol de empate.

O segundo gol do Barcelona poderia ter saído logo após o lance de Guarín. Messi recebeu passe, driblou o goleiro brasileiro dos Dragões, e marcou o gol. A arbitragem viu corretamente o impedimento e anulou o lance.

Messi tem um futebol bonito que visa apenas o ‘jogar futebol’. Para poder para o jogador, somente com uma falta muito dura. E foi isso o que aconteceu aos 39′, com Rolando, que após Messi partir pelo meio no campo de ataque, foi agarrado pelo jogador do Porto, que recebeu cartão amarelo, que foi o segundo, e, consequentemente foi expulso. Com onze de cada lado já era difícil, imagine com um a menos. Pois então, aos 42′, o Barcelona chegou ao segundo gol na partida, e foi um golaço. Um ‘jogadorzinho’ aí argentino (Lionel Messi) deu um passe fantástico para Cesc Fábregas, que dominou e chutou firme para o gol do Porto, fazendo o gol do título do Barça. Aí com 42′, não dava tempo para mais nada, somente para Guarín fechar sua noite com ‘chave de ouro’, o jogador fez falta dura em Mascherano, e foi expulso. Antes do apito final, Helton salvou o Porto de levar o terceiro, após chute forte de Iniesta.

Aos 48′ do segundo tempo, o holandês Bjorn Kuipers apitou o fim do jogo, para o começo da festa catalã. O Barcelona conquista a Supercopa da Europa 2011. Esse é o quarto título dessa copa para o Barcelona, que já havia conquistado em 1992, 1997 e 2009.

O pôster dos campeões da Supercopa da UEFA (clique na imagem para amplia-la)

Campeão, poster, barcelona, supercopa

(Créditos da Imagem: Getty Images)

Quebrando recordes:
A partida dessa sexta-feira, e o título do Barcelona quebrou alguns recordes dentro do próprio clube. O técnico Guardiola chegou ao seu 12º título no clube, ultrapassando Johan Cruyff, que tem 11.

Os gols da partida:

Barcelona 2 x 0 Porto – Informações da partida
Barcelona: Victor Valdés, Daniel Alves, Abidal, Mascherano, Adriano (Busquets), Keita, Iniesta, Xavi, Pedro (Fàbregas), Messi e David Villa (Sánchez). Técnico: Josep Guardiola

Porto: Helton, Sapunaru, Otamendi, Rolando, Fucile, Souza (Fernando), Guarín, Moutinho, Hulk, Cristian Rodríguez (Varela) e Kléber (Belluschi). Técnico: Vítor Pereira

Cartões: Amarelos: Iniesta (Barcelona); Cristian Rodríguez, Rolando, Guarín (Porto). Vermelhos: Rolando e Guarín

Gols: Lionel Messi e Fàbregas

Local da partida: Louis II, em Monte Carlo, Mônaco. Data: 26 de agosto de 2011 (ás 15h45 -Horário de Brasilia).

Arbitragem: Principal: Bjorn Kuipers (Holanda). Auxiliares: Erwin Zeinstra e Berry Simons (ambos da Holanda).

Opinião

O fantástico time do Barcelona comemora mais um título. Essa ‘máquina quase perfeita’ terá algum clube que o faça parar? O que vemos que o time de Messi e cia. vão continuar sendo campeões de tudo pelos próximos anos criando uma grande soberania no futebol europeu e mundial. A próxima equipe que terá a difícil missão de parar esses “gênios de outro planeta“, será o também fantástico (ou quase) time do Santos, de Ganso, Elano e Neymar. Mas será que os brasileiros irão conseguir realizar essa difícil missão, que nem o Real Madrid e Manchester United conseguiram? Será difícil. Vamos esperar.

Comente!!!!!!!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *