Lionel Messi é eleito, pela quarta vez, melhor jogador do mundo pela FIFA

Não tem para ninguém! Lionel Messi quebrou todos os recordes no ano passado e foi recompensado nesta segunda-feira, na Suíça. Pela quarta vez, o argentino é eleito o melhor jogador de futebol do mundo, pela FIFA. Messi é o jogador que mais vezes levou o prêmio. O jogador do Barcelona desbancou Cristiano Ronaldo (do Real Madrid) e o companheiro de clube, Iniesta.

E Messi mereceu o prêmio que conquistou. Em 2012, foram muitos os recordes individuais batidos, fora a categoria, genialidade e talento pessoal do argentino, que encanta os que o assistem no estádio ou pela TV em todo o mundo. Messi é indiscutivelmente o melhor do mundo (e já está entre os melhores da história há muito tempo); azar dos seus concorrentes que sabem que fica difícil se tornar o melhor do planeta, já que Messi se torna melhor a cada ano.

Lionel Andrés Messi quebrou diversas marcas individuais no ano de 2012. O argentino se tornou o maior artilheiro em um ano na história, com 91 gols, em 69 jogos. Na temporada 2011-2012, Messi marcou 82 gols, outro recorde. Além disso, na temporada passada do Campeonato Espanhol, o craque do Barcelona marcou exatos 50 gols, e se tornou o jogador com mais gols em um única edição de La Liga.

Messi, comemoração, Barcelona

(Créditos da Imagem: Getty Images)

E não foi só isso. Messi foi o artilheiro, pela quarta vez, da UEFA Champions League. Além disso, Messi se tornou o jogador com maior número de gols na história do Barcelona, em partidas oficiais. Ao passar do ano, Messi não cansou de quebrar recordes. Igualou Vivian Woodward, como jogador com mais gols em partidas internacionais em um ano (com 25) e igualou, também, Gabriel Batistuta como artilheiro da seleção da Argentina em um ano (com 12 gols).

No ano de 2012, apesar da quebra de recordes individuais, Messi conquistou apenas a Copa do Rei. Na temporada 2011-2012, o argentino levou o Mundial de Clubes da FIFA, e as Supercopas da Espanha e da Europa. Na temporada 2012-2013, Messi se encaminha, junto ao Barcelona, para conquistar o Campeonato Espanhol, já que o time mantém um grande vantagem em relação a seus adversários.

Não é à toa que Messi é coroado pela quarta vez o melhor jogador do mundo; por todos os recordes batidos e por suas apresentações geniais que o jogador faz. Todos os fãs de futebol dão este título de melhor do mundo à Messi, que nos impressiona a cada vez que entra em campo.

Messi levou a Bola de Ouro FIFA 2012 ao derrota Iniesta e Cristiano Ronaldo. O argentino teve 41, 60 % dos votos (entre capitães das seleções, técnicos e jornalistas do mundo todo). O português Cristiano Ronaldo ficou em segundo, com 23, 68% dos votos. Iniesta teve a preferência de 10,91% dos que votaram. Neymar, com 0, 61%, ficou em 13º. Entre os brasileiros, votaram para a eleição de melhor do mundo, o ex-técnico da seleção brasileira Mano Menezes, o capitão da seleção Thiago Silva e o narrador da TV Globo, Cléber Machado.

Messi, Bola de Ouro, Ballon D'or FIFA

(Créditos da Imagem: AFP)

Vencedores das outras categorias

Pela terceira vez finalista do Prêmio Puskás, Neymar não conseguiu levar o bi do prêmio de gol mais bonito do ano. A escolha do público (já que a eleição é feita pela internet) decidiu que o gol de Miroslav Stoch foi o mais bonito do ano. O eslovaco do Fenerbahce derrotou também derrotou Falcao Garcia, que concorria ao prêmio.

Veja o gol vencedor do prêmio Puskás, marcado contra o Gençlerbirligi:

A brasileira Marta disputava o prêmio de melhor jogadora do mundo no ano, em busca do sexto título. Mas, não foi desta vez. A americana Abby Wambach levou o prêmio. A técnica sueca Pia Sundhage venceu como melhor treinadora do futebol feminino.

Pelo lado masculino, o técnico atual campeão mundial e europeu, Vicente Del Bosque venceu como melhor treinador do ano. O técnico da Espanha derrotou José Mourinho e Pep Guardiola na disputa pelo prêmio.

A FIFA divulgou também a ‘Seleção dos Sonhos’ 2012. Sem grandes surpresas, a seleção contou apenas com jogadores que atuam na Espanha. A seleção foi dominada por jogadores do Real Madrid e Barcelona, com exceção de um jogador.

A seleção é formada por Casillas; Daniel Alves, Piqué, Sergio Ramos e Marcelo; Xabi Alonso, Xavi e Iniesta; Messi, Falcao e Cristiano Ronaldo.

Seleção do ano FIFA 2012

(Créditos da Imagem: AFP)

Por fim, outros dois prêmios. A Federação Uzbeque de Futebol recebeu o Prêmio Fair Play. E Franz Beckenbauer recebeu o Prêmio Presidencial FIFA, dado a uma pessoa ou instituição importante para o futebol.

Deixe sua opinião, aqui no Mundo do Futebol, sobre o Bola de Ouro FIFA 2012!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *