Na estreia de Silas, Flamengo amarga sua sétima derrota

Na estreia do técnico Silas, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010, Flamengo perde de 1 a 0 pro Cruzeiro e amarga a sua sétima derrota na competição.

Era importante pro novo treinador do Fla estar no banco de reservas. O departamento jurídico do clube trabalhou bem e conseguiu garantir a presença de Silas, que estava ameaçado de comandar o time da arquibancada.

silas,estreia,cruzeiro,derrota

Departamento Jurídico do Flamengo garantiu Silas no banco, mas, o treinador não garantiu a vitória na sua estreia. (Créditos: globoesporte.com)

No entanto, o treinador não obteve êxito na estreia. O time bem que tentou marcar logo no início do jogo com Val Baiano, que driblou bem o zagueiro cruzeirense mas chutou fraco pra fácil defesa do goleiro Fábio.

Teve ainda, algumas boas chances com Renato e Léo Moura, que quase surpreenderam o goleiro cruzeirense em chutes venenosos pelo alto. Uma cobrança de escanteio perigosa com Petkovic. Outra oportunidade com Diego Maurício, que chutou para mais uma boa defesa de Fábio e outra com Corrêa, que perdeu cara-a-cara com o gol.

No mais, o que vi foi um Flamengo mal preparado fisicamente, aonde perdia praticamente todas, nas corridas disputadas com os jogadores do Cruzeiro, que não tomaram conhecimento e acabaram marcando o gol da vitória já no primeiro tempo, num gol chorado, lance em que Marcelo Lomba já havia feito duas defesas à queima-roupa. Confiram, nos melhores momentos:

A chance de sair do Parque do Sabiá com pelo menos um empate ficou mais distante quando o zagueiro Jean foi expulso e deixou a equipe com dez jogadores em campo. E quem já não estava correndo nem por si mesmo não iria correr por dois…

Ficha técnica

CRUZEIRO 1 X 0 FLAMENGO
Fábio; Jonathan, Edcarlos, Caçapa (Léo) e Diego Renan; Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná e Montillo (Roger); Robert (Wallyson) e Thiago Ribeiro. Marcelo Lomba; Léo Moura, Jean, Ronaldo Angelim e Juan; Willians, Correa, Renato e Petkovic (Leandro Amaral); Val Baiano (Fernando) e Diego Maurício (Cristian Borja).
Técnico: Cuca. Técnico: Silas.
Estádio: Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG). Data: 1/9/2010. Horário: 22h (de Brasília). Árbitro: Guilherme Cereta de Lima (SP). Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Márcio Luiz Augusto (SP).
Público: pagantes. Renda: R$ Cartões amarelos: Diego Renan, Jonathan, Fabrício (Cruzeiro); Correa, Fernando (Flamengo). Cartões vermelhos: Jean (Flamengo).
Gols: Robert (Cruzeiro), aos 9 minutos do primeiro tempo.

O time volta a jogar no domingo, dia 5 de setembro, contra o Santos, no Maracanã, na tão esperada estreia do atacante Deivid.

Fica a expectativa também da recuperação de Diogo, que junto com Deivid, poderão formar o ataque definitivo e marcar os gols que o time tanto carece para, quem sabe, tentar colocar o Flamengo na luta pelo heptacampeonato.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *