Nota do autor: SPFC x Santos – Semifinal – Campeonato Paulista 2012. Por Telma Esteves

Ola amigos(as) leitores(as) do Mundo do Futebol!!!

 

Hoje após a minha amiga Telma Esteves ter visto o meu texto referente ao jogo do São Paulo x Santos. Ela com a sua habilidade e facilidade de escrever, me mandou o um email, que na minha opnião marcou um golaço!

 

Leiam…

 

SPFC x Santos – Semifinal – Campeonato Paulista 2012

Dejavu!?!

O que vimos ontem foi uma cópia da semifinal de 2011? Não, de certo que não! Embora tenhamos sofrido mais uma eliminação pela turma da baixada, o jogo foi outro.

Em 2011 tinhamos um SPFC “meia boca”, bons jogadores, mas sem espírito coletivo. Ontem vimos um grupo bom, com falhas, mas guerreiros. A defesa vacilou. A zaga não deu conta do recado.

O ataque deu azar: a bola não entrava nem por reza brava! Mas foi um jogaço, um show! De belos jogadores? Não… O que pudemos ver foi um show particular, com um único personagem: baixinho, magrelo e de um cabelo engraçado. Seu nome? NEYMAR.

Não que o São Paulo tenha jogado mal, não… até jogou bem, pressionou e marcou presença. Mas foi só isso. Jogar bem e marcar presença é pouco quando se tem em campo um craque.

 

Sim, um CRAQUE. Não estamos falando de um jogador de ponta, que faz a diferença. Estamos falando de NEYMAR, um jogador que há tempos não víamos e que é “A”diferença. O menino não joga, dança em campo!

O jogo mal começou e a defesa, com jeito de principiante, na pele de Paulo Miranda, já marcou um penalti para o adversário.

Com Neymar batendo, não deu outra: somente 2 minutos da etapa inicial e o Peixe já saia na frente. O jogo corria e nós, da arquibancada, vimos um SPFC guerreiro, mas também um Santos equilibrado e eficiente.

Não conseguíamos definir se o pior era a defesa que só conseguia parar o ataque do Santos, vulgo: Neymar, na porrada ou o ataque que não conseguia botar a bola na rede. É claro que a arbitragem, sob o comando do sr Paulo César Oliveira nos deixou com o pé atrás… da arquibancada não temos replay!!! Mas o que vimos foi um time da Vila Belmiro centrado, organizado e bem posto em campo, contra um time pressionado, imaturo e desorganizado. Foi o estilo Muricy contra o estilo Leão. E mais uma vez vimos que a competência supera o grito…

Agora vamos combinar? O que é este Neymar???

O Piris foi contratado para marcá-lo e não deu conta. Nem dará… tem que comer muito arroz com feijão pra isso. Não dá para condena-lo… quem pode contra o Neymar?

Resumo do jogo: o Paulo Miranda falhou, Lucas tentou, Dênis frangou.

E no Santos? Só o Neymar brilhou…

E aí, meus amigos, não tem mais pra ninguém, não teve mais pra ninguém! E demos o azar de ser o SPFC, se fosse qualquer outro, provavelmente o placar seria maior…

 

Saudações Tricolores.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *