Palmeiras goleia e segue invicto no Paulistão

O Palmeiras enfrentou, neste domingo (11), o Botafogo de Ribeirão Preto e venceu por 6 a 2, com destaque para o atacante Barcos, autor de dois gols, e Valdívia, que voltou a jogar depois de uma lesão e foi essencial para o time, além de apresentar um bom futebol. O alvi-verde paulista chegou aos 29 pontos e assume a vice-liderança, ficando atrás do Corinthians, que tem 30.

Primeiro Tempo

O Palmeiras começou muito bem a partida, pressionando e chegando mais ao gol. Logo no início, depois de uma confusão na área, Maikon Leite aproveitou a sobra de bola e chutou no canto do goleiro, obrigando-o a fazer uma excelente defesa. A partir daí o Palmeiras continuou pressionando, às vezes com o próprio Maikon Leite, outras vezes com o Barcos e com Marcos Assunção, nas bolas paradas. As tentativas  e pressões eram tantas que, depois de muito insistir, o verdão conseguiu chegar ao gol, com Marcinho, contra. Depois de um cruzamento para área, de Marcos Assunção, Valdivia tentou desviar de cabeça, mas a bola passou direto, enganando  e pegando no zagueiro que estava na marcação, entrando para o gol do Botafogo.

Após o primeiro gol, o Palmeiras continua em cima, pressionando. Depois de um contra-ataque, o lateral esquerdo Juninho encontrou Maikon Leite sozinho e fez um lançamento incrível para o atacante que, antes de finalizar ao gol, tirou do zagueiro, marcando o segundo gol.

Valdívia, Palmeiras
Valdívia foi o destaque do jogo, contra o Botafogo (Foto: Miguel Schincariol / Ag. Estado)

Segundo tempo

Pelo primeiro tempo que fez, acreditava que viria uma goleada do Palmeiras. E foi realmente o que aconteceu. Depois de mais uma ótima jogada do time palmeirense, onde o volante Marcio Araújo deu uma arrancada incrível do meio campo, tocando para o Juninho, que tirou do goleiro e tocou para o Valdivia que, apesar de muito marcado, conseguiu encontrar o atacante Barcos, que só teve o trabalho de finalizar ao gol, marcando o terceiro do verdão.

Com a situação complicada, o Botafogo não tinha muitos recursos, mas conseguiu fazer um gol com o experiente lateral Alessandro, ex-Botafogo (RJ), que aproveitou uma falha do goleiro Deola e mandou a bola para o gol. Precisando do placar, o Botafogo, que jogava em casa, precisava sair para ir em busca de um resultado melhor, mas o Palmeiras que era bastante superior, soube aproveitar e depois de um cruzamento perfeito do meia Daniel Carvalho, Ricardo Bueno que acabara de entrar marcou o quarto gol alviverde.

Mesmo sofrendo o quarto gol os botafoguenses não desistiram e conseguiram marcar mais um gol, dessa vez com o zagueiro Marcos Aurélio, após mais uma falha do zaga  e goleiro alviverdes.  Aos 46 minutos de jogo, Daniel Carvalho arrancou do meio campo e foi passando facilmente entre os jogadores do Botafogo e arriscou o chute, o goleiro não conseguiu segurar firme, dando rebote no pé do lateral esquerdo Juninho, que só empurrou para o gol. E ainda teve tempo do Palmeiras marcar outro, dessa vez de pênalti, com o atacante Barcos.

Troféu MDF (Destaques da partida)

O Palmeiras apresentou um bom futebol e não teve nenhum jogador que podíamos listar como decepção, ao contrário dos destaques. Listamos três jogadores como melhores em campo.

Valdivia: era dúvida se seria titular ou não, devido sua lesão. Foi titular e conseguiu provar para o torcedor que poderá fazer diferente esse ano e se tornar destaque do verdão.

Barcos: mal chegou e se tornou ‘ídolo’ da torcida. Já foram sete gols em oito jogos e o argentino vem ganhando a confiança do Felipão e torcida a cada jogo.

Juninho: o lateral esquerdo contratado junto ao Figueirense, no final da temporada passada, vem mostrando o bom futebol que apresentou no time catarinense e que levou ao interesse de muitos times. Desde quando chegou ao Palmeiras Juninho vem atuando bem.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *