Ramires marca, Messi perde pênalti, Chelsea elimina Barça e está na final da Champions

O Melhor time do Mundo caiu! E foi o Chelsea que parou isto tudo, e elimina o Barcelona, no Camp Nou. O jogo de volta das semifinais da UEFA Champions League, entre Barcelona e Chelsea, disputado na Espanha, foi um jogaço, digno do nome da competição e das equipes! O jogo terminou 2 a 2, e com isso, o Chelsea chega à mais uma final de Liga dos Campeões da Europa, em busca de seu primeiro título do maior torneio de clubes da Europa.

Para o Barcelona, resta esperar a próxima temporada, já que esta, praticamente, acabou (foi uma temporada ruim, apesar de um começo muito bom, com dois títulos: Supercopa da Espanha e UEFA) . No Campeonato Espanhol, o Real Madrid já é o virtual campeão, e na Champions, está eliminado e pode ver o rival Madrid disputar a final. Mas claro, se servir de consolo, o time disputa a final da Copa do Rei da Espanha, contra o Athletic Bilbao, dia 25 de Maio.

Ramires, comemoração, Chelsea, UEFA Champions League

Ramires marcou um dos gols no empate em 2 a 2. Chelsea na final em Munique. (Créditos da Imagem: AP)

BARCELONA (ESP) 2 x 2 CHELSEA (ING) – (Agregado – BAR 2 x 3 CHE)
Jogo de volta das semifinais da UEFA Champions League – Camp Nou, Barcelona (Espanha) – 24/ 04/ 2012

Muita expectativa para o jogo desta terça-feira. Muitos palpiteiros achavam que, apesar do tropeço do jogo de ida, o Barcelona iria vencer o Chelsea. O que era certo de se pensar, já que no Camp Nou o Barcelona é muito superior, na maioria das vezes, do que seus rivais.

O primeiro tempo foi bastante brigado. O Barcelona com seu habitual posse de bola e chegando com muito perigo, e o Chelsea com o objetivo de segurar a vantagem do jogo de ida.

O Chelsea já começou com desvantagem, pois teve de fazer uma substituição logo    no início. Aos 6′, Cahill sentiu lesão e teve de ser substituído. Aos 26′, foi a vez do Barça realizar substituição. Piqué, que havia batido forte a cabeça, foi trocado pelo brasileiro Daniel Alves, que começou no banco, sendo uma das opções de Guardiola.

O jogo continuava com o Barcelona em cima. Apesar de nervoso, o time buscava oportunidades, sendo que, em momentos da partida, os espanhóis não pareciam ser aquele time dos jogos anteriores (o Barça apostava, em alguns momentos, nos “chuveirinhos” e dava chutes tortos). Aos 34′, os catalães abriram o placar. Após cruzamento, Daniel Alves pegou a bola, que havia sido tirada da área pelos ingleses, avançou e tocou para Cuenca, que na esquerda, tocou rasteiro para Busquets empurrar para o fundo do gol do Cech. O gol levaria a partida para a prorrogação.

Aos 37′, Terry agrediu Alexis Sánchez, com uma joelhada; o assistente do árbitro viu, e o polêmico jogador inglês recebeu o vermelho direto. Com 1 a 0 contra, o Chelsea ficava com sem um de seus principais jogadores, e via a situação ficar bem mais complicada. Situação piorou no minuto 42′. O Barcelona chegava ao segundo gol com Iniesta. O espanhol recebeu passe na cara do gol, e não perdoou. Com os dois a zero para o Barça, o agregado estava 2 a 1, para o Barcelona, que chegava à final.

Mas o primeiro tempo ainda não havia acabado. Aos 46′, o Chelsea descontou com um golaço brasileiro. No meio de campo, Ramires deu passe para Lampard, que virou e viu o brasileiro partir em velocidade à área, tocou de volta; Ramires recebeu, esperou e, com muita categoria, tocou por cima de Valdés, que saía de sua meta. O golaço de Ramires colocava o Chelsea na final da Champions.

messi, Barcelona,

(Créditos da Imagem: AFP)

No segundo tempo, o Barcelona partiu com uma vontade maior do que se viu no primeiro tempo, de fazer o gol. O time foi para cima, e aos 4′, conseguiu um pênalti. A penalidade foi marcada com a ajuda do árbitro adicional, que fica atrás dos gols. Os torcedores, tanto os que assistiam o jogo no estádio, quanto aqueles que acompanhavam pela TV, sentiam que aquela era a chance do Barça voltar a estar classificado, e fazer o terceiro, mas não foi assim que aconteceu. O argentino melhor do mundo foi para a cobrança; Messi caminhou calmamente em direção à bola, chutou, mas a bola bateu no travessão. O lance é tido como o detalhe mais importante para a eliminação do Barcelona. E o jogo continuava 2 a 1, Barcelona, mas com o Chelsea se classificando.

O resto do segundo tempo foi só de Barcelona. A equipe espanhola continuava em cima, sendo que Daniel Alves teve um gol anulado de forma correta pela arbitragem.

O Barça seguia buscando, o Chelsea seguia com todos os 10 jogadores no campo de defesa, Messi seguia irreconhecível,… muita emoção no Camp Nou. Parecia que o gol da classificação dos catalães era questão de tempo. Mas, aos 45′, quase 46′, o Chelsea conseguiu um contra-ataque mortal, para “fechar o caixão” espanhol. Bola na área do Barcelona, Bosingwa consegue dar um chutão para frente, chute este que encontrou Fernando Torres (ele mesmo), que dominou, partiu em direção à Valdés, driblou o goleiro espanhol, e decretou a ida à Munique, em 19 de Maio. Gol do Chelsea, o gol que empatava a partida, calando os torcedores culé, e classificando o Chelsea.

A final da UEFA Champions League 2011 / 2012 será disputada em 19 de Maio, sábado, ás 15h45 (horário de Brasilia), em Munique, na Alemanha. O Chelsea é um dos finalistas, o outro será decidido nesta quarta-feira, em Madrid, com o jogo entre Real Madrid x Bayern de Munique. No primeiro jogo, o Bayern venceu os madrilenhos por 2 a 1 (veja aqui como foi).

Pois bem, o Chelsea é o finalista da Liga dos Campeões, se é merecido ou não já é outra história, já que o “certo” era nós termos aí uma final entre Barcelona e Real Madrid. O Barcelona não teve competência (se essa for a palavra) para conseguir vencer o jogo em casa, perdendo a terceira partida consecutiva, mas por tudo que fez nesta Champions, merecia fazer a final este ano. Os catalães agora pensam neste meio de ano, o que vai acontecer, quais mudanças irão ter, quais jogadores virão, e se Guardiola fica.

Por outro lado, temos o Chelsea, que nunca foi campeão europeu. A equipe inglesa disputou apenas uma final de UEFA Champions League, que foi naquela em 2007 / 2008, quando os Blues perderam para o Manchester United, nos pênaltis, em Moscou. Na final, a equipe o Chelsea pode pegar ou outro espanhol ou uma equipe alemã. Se for o Real à final, o Chelsea tem poucas chances de título (apesar de ser um único jogo), se for o Bayern, as chances são maiores.

Comente!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Rafael Luiz disse:

    Vi alguns momentos do jogo, o artigo está perfeito amigo Alan. Compartilhei ele, abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *