Corinthians começa o Paulista com o pé direito

Pensava eu esta manhã que não seria um jogo fácil. Alias, a Portuguesa é considerada um time grande e seria um clássico.

Me enganei.

O Corinthians me surpreendeu com um futebol solto, cheio de tabelas e dribles. Quantos rolinhos nossos jogadores não deram na equipe lusitana? Só o Fenômeno deu 2… Mas rolinho não ganha jogo e Paulinho concretizou o primeiro gol depois da parede feita pelo Bruno César. Pouco depois, Roberto Carlos mostrou toda sua habilidade e carinho com a número 5 concretizando um gol olímpico no disperso goleiro da Portuguesa. 20 minutos de jogo e tudo estava decidido…

Ah, o Tite! “2 x 0 foi uma goleada”, diria ele. Não discordo porque fomos convincentes na primeira etapa mesmo sendo o primeiro jogo da temporada e o time ainda pesado e um pouco fora de ritmo.

O segundo tempo foi ruim pro Corinthians e pro bandeira. Coitado do bandeirinha que teve que marcar muitos impedimentos devido a nossa antiga, porém ainda eficiente, linha de impedimento. Os alvinegros só esperaram o tempo passar, tocando a bola, enrolando como o nosso goleiro Julio César que ficou uns 10 segundos com a bola na mão e o juiz marcou um lance indireto pra Portuguesa. Creio que foi a falta de ritmo e a indolência que não fez o Corinthians dilatar a vantagem e contruir um placar maior em um clássico.

No final do jogo, o Ronaldo disse como provavelmente diria o nosso técnico: “O importante foram os três pontos”. E foi…

Autor do gol olímpico

Bruno de Araújo

Administrador do Mundo do Futebol, Blogger, Amante de futebol.

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Luiz disse:

    Olá !!! Primeiro tempo excelente … E que gol foi aquele do RC ?? Coisa de craque. O segundo tempo foi morno e sem muita inspiração. Valeram os 3 pontos e o prazer de ver o Corinthians em campo novamente. Estava com saudades … Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *