São Paulo e Palmeiras vencem e ficam próximos de avançar na Copa Sul-Americana

Na noite desta quarta-feira, mais três jogos entre brasileiros movimentaram a segunda fase da Copa Sul-Americana. Os destaques ficam para as vitórias dos paulistas nos jogos. O São Paulo foi até o Nordeste brasileiro para enfrentar o Bahia, no Estádio Pituaçu; o Tricolor Paulista derrotou os baianos pelo resultado de 2 a 0, e leva um grande vantagem para a partida de volta. O goleiro-artilheiro, Rogério Ceni, após ficar fora seis meses para se recuperar de uma lesão no ombro, marcou seu primeiro gol na sua volta. Na sua segunda partida depois da lesão, Ceni fez um golaço de falta no início da partida. O outro gol dos são-paulinos foi marcado por Ademilson.

O jogo de volta será disputado dia 21 de agosto, às 20h15 (hora de Brasilia) no Estádio do Morumbi, em São Paulo. O São Paulo pode perder por um gol de diferença ou empatar que avança às oitavas de final (a chamada “fase internacional” da Sul-Americana). Para o Bahia avançar, terá de vencer por três gols de diferença. Se tomar gol, terá de fazer um resultado de dois gols de diferença ou mais. Se o Bahia vencer por 2 a 0, o jogo irá para os pênaltis.

Rogério Ceni, Copa Bridgestone Sudamericana, São Paulo, comemoração

Na vitória do São Paulo, Ceni marca seu 104º gol na carreira. (Créditos da Imagem: Felipe Oliveira/AGIF/Gazeta Press)

Veja os gols da vitória do São Paulo:

Na Arena Barueri, o Palmeiras também venceu por 2 a 0. Contra o Botafogo, Barcos foi o destaque, marcando os dois gols da partida, dois golaços. O Botafogo, que jogou sem Seedorf, poupado, até que jogou melhor o primeiro tempo, mas não repetiu no segundo, e tomou o primeiro gol logo no começo da etapa final.

O jogo de volta, será dia 22 de agosto, às 22h (hora de Brasilia) no Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. O Palmeiras terá a vantagem do empate, e pode perder por dois gols de diferença, mas marcando, que fica com a vaga. O Fogão terá de vencer por três gols de diferença para ficar com a vaga.

Veja os dois golaços de Barcos, que deixou o Botafogo a ver navios.

No outro jogo entre brasileiros, Atlético-GO e Figueirense ficaram no 1 a 1, em Goiânia. Assim como o goleiro do São Paulo, Márcio, arqueiro do Atlético, marcou o gol do time goiano em sua primeira competição internacional da história. Loco Abreu empatou o jogo para os catarinenses. As equipes voltam a se encontrar dia 23, no Orlando Scarpelli.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *