Adriano não é mais jogador do Corinthians

O “Império” desabou! Adriano, o “Imperador”, não é mais jogador do Sport Club Corinthians Paulista. Principal estrela do elenco corintiano para 2012, e esperança para a Libertadores, o jogador não rendeu o que era esperado pela torcida e dirigentes e, após discussão com técnico Tite, o jogador rescindiu contrato com a equipe alvinegra.

O jogador foi contratado em 29 de março do ano passado, e um ano após, ele rescindiu o contrato com o Corinthians. Segundo nota, a decisão da rescisão foi feita em comum acordo com o jogador e o clube.

ADRIANO, GOL, CORINTHIANS

O gol decisivo de Adriano, no Brasileirão 2011, na vitória sobre o Atlético-MG. (Créditos da Imagem: Edson Lopes Jr./Portal Terra).

Foram oito jogos (incluindo um amistoso); foram dois gols, sendo os dois decisivos que deram a vitória ao Corinthians (contra Atlético-MG e Botafogo-SP). Em entrevista ao programa “Globo Esporte”, da Globo São Paulo, na semana passada, Adriano disse que tinha 100 Kg. e teria de emagrecer mais dois, e pediu que a torcida tivesse um pouco de paciência com ele.

Confira a nota oficial do Corinthians sobre:

No final da tarde desta segunda-feira, dia 12, a diretoria do Sport Club Corinthians Paulista e o atacante Adriano decidiram, em comum acordo, encerrar o contrato de trabalho entre as duas partes, que era válido até junho próximo.

Passo seguinte, os representantes do atleta e o departamento jurídico do clube negociarão os detalhes do distrato. Desta forma, Adriano não integra mais o grupo profissional do Corinthians e, por consequência, está dispensado de reapresentar-se amanhã com o restante do elenco.

Em entrevista à Rádio Globo, Roberto de Andrade, diretor de futebol do clube, disse:

O Corinthians fez tudo para ajudar o Adriano. Ele mesmo disse isso. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance para deixá-lo em forma. Chegamos à conclusão que era melhor encerrar o contrato, e ele concordou. Mas não vai sair sem receber nada. O departamento jurídico vai sentar com ele para um acordo, mas adianto que não há multa.

Com informações do globoesporte.com

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *