Tribunal confirma o pior para Messi condenação por 15 meses

Supremo Tribunal da Justiça em Espanha confirma a pena para Messi

 

No ano passado no mês de Julho Lionel Messi foi condenado a 21 meses de prisão por fraude fiscal, ele tentou recorrer mas o pedido foi negado.

Hoje (quarta-feira) o supremo Tribunal de Justiça de Espanha, confirmou o pior, confirmou a pena da audiência Provincial de Barcelona, que no ano passado condenou Lionel Messi a 21 meses de prisão.

Jorge Horacio Messi, pai de Messi e Messi foram acusados de fraude fiscal em Espanha, uma fraude no valor de 4.1 milhões de euros. Entre 2007 e 2009 os dois fugiram aos pagamentos dos impostos que teriam de declarar sobre os lucros de direitos de imagem de Messi, com a criação de empresas OFFSHORE. Os dois foram condenados a 21 meses de prisão no dia 5 de Julho de 2016.

A condenação foi confirmada hoje, no entanto nenhum dos dois terá de cumprir pena de prisão, ficando com pena suspensa e com redução da pena para 15 meses.

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *